Como vender

COMO VENDER BENS EM LEILÃO?

Para a colocação de bens em leilão é necessário que seja feita uma avaliação/peritagem por parte da nossa equipa a fim de determinar o valor e qualidade das peças. Dispomos das seguintes formas de avaliação:

 

Avaliação para colocação em leilão

Caso pretenda colocar os seus bens em leilão deverá contactar-nos para agendarmos nas nossas instalações, de forma gratuita, uma data para o efeito.

 

Se os bens em questão forem de difícil transporte ou manuseamento, poderá, nos casos em que nos é possível, ser feita uma estimativa provisória a partir de uma boa fotografia do bem, com indicação das respetivas dimensões e referência a eventuais marcas, assinaturas ou quaisquer outras referências relevantes, podendo estas ser recebidas presencialmente ou pelo endereço de e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

 

Avaliação em casa dos proprietários

Caso se justifique – recheios, mobiliário, peças de difícil transporte, etc. -, e se solicitado, disponibilizamo-nos para a realizar uma visita a sua casa ou ao local onde se encontram os bens e procedermos à avaliação com vista à colocação em leilão – consoante agendamento e disponibilidade do avaliador.

 

Durante a avaliação será feita a inventariação dos bens (seleção, fotografia e descrição), ser-lhe-á enviada uma proposta com os valores de base de licitação (valor pelo qual se inicia a licitação). Uma vez aceite a proposta a equipa informá-lo-á da data da realização dos leilões subsequentes e das condições negociais em vigor.

 

Após aceitação da proposta celebra-se um ”Contrato de Prestação de Serviços para Colocação de Bens à Venda em Leilão” entre a BIDDING LEILÕES e o vendedor. Para a conclusão do contrato necessitamos obrigatoriamente, a identificação completa, civil e fiscal, identificação e a descrição de todos e cada um dos bens, a comissão e taxas devidas e o valor de base de licitação.

 

Nota:

  • Valor base de licitação: Preço mínimo de venda acordado pelas partes no contrato / reserva = valor de basepara leilão, no catálogo;
  • Os dados fornecidos para celebração de contrato serão, obrigatoriamente, os mesmos para efeitos de faturação;
  • A seleção e atribuição de valor das peças bem como da distribuição das peças entre os leilões presenciais e online é feita pela nossa equipa.

 

Avaliação para partilhas, seguro, atualização de ativos patrimoniais, etc.

Caso necessite dispomos do serviço de avaliação de bens para fins formais. Procedendo-se da mesma forma que a avaliação para colocação de bens em leilão, difere nos termos da atribuição de valor tendo em conta que não se tratam de valores de base de licitação mas sim valores finais. Poderá igualmente solicitar uma deslocação à casa ou ao local onde se encontrem os bens.

 

As condições da avaliação deverão ser estabelecidas previamente, sendo o custo da avaliação, sobre a qual incide IVA, calculado por escalões, da seguinte forma:

 

  • até € 50.000 – 2%
  • entre € 50.001 e € 100.000 – 1,75%
  • entre € 100.001 e € 500.000 – 1,5%

 

Certificação de espécies protegidas

CITES  - Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção

 

Todos e cada um dos bens incorporando materiais de espécies da fauna e flora selvagens protegidas a colocar em venda terão de ser previamente certificados, em conformidade com as disposições da CITES, pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas. Caso não aconteça a nossa equipa disponibiliza-se para analisar e avaliar os bens para colocação em leilão e, sempre que possível, encarregar-se de as certificar legalmente. 

 

  • Custos por certificado/por lote (a cargo do vendedor):

Emissão do certificado pelo ICNF .................... € 35 + IVA

 

 

 

Certificação de metais preciosos

REGIME JURÍDICO DA OURIVESARIA E DAS CONTRASTARIAS – Lei nº 98/2015, de 18.8.2015 e Dec. Lei nº 44/2016 de 17.8.2016

Todos e cada um dos bens constituídos por metais preciosos colocados em venda terão de encontrar-se legalmente contrastados e devidamente marcados. Caso não aconteça a nossa equipa disponibiliza-se para analisar e avaliar os bens para colocação em leilão e, sempre que possível, encarregar-se de as certificar legalmente (custos suportados pelo vendedor).  

 

Transportes

A nossa equipa dispõe de uma lista de transportadoras com as quais costuma trabalhar, caso o cliente solicite, poderemos aconselhar pela melhor que se adeque à sua necessidade. O valor do transporte é sempre assumido pelos proprietários.

 

Quando recebe o vendedor a quantia da venda?

No caso de vender os seus bens, a BIDDING LEILÕES obriga-se a fornecer ao vendedor o valor das vendas no prazo de 30 (trinta) dias após o término do leilão, cabendo ao vendedor contactar a leiloeira para efeitos de pagamento e informações acerca dos estados de venda.

 

No caso de os bens ficarem retirados após o leilão – ou seja, não vendidos -, o vendedor poderá autorizar a recolocação dos bens em leilão com uma redução de 30% a 50%. Quando acordado entre as partes que o bem ou bens não voltam a leilão, os mesmos têm de ser obrigatoriamente levantados no período máximo de 30 (trinta) dias, após o término deste prazo o proprietário fica responsabilizado por possíveis danos causados perda ou dano.

© 2019 BIDDING :: Leilões ⋅ Auctioneers | Powered by HUB